A madereira di madeira contribui como desenvolvimento sustentavel e a ecologia do brasil com a ong canto vivo que vende plantas, arvores, sementes e mudas, junto com produtos sustentaveis ou produtos ecologicos e assim financiar os projetos ambientais do instituto como aula de educaçao ambiental, reciclagem, reflorestamento, distribuiçao de sementes.
O shopping Ferreira Costa que contribui como desenvolvimento sustentavel dando uma loja para que a ong de ecologia do brasil canto vivo possa vender plantas, arvores, sementes e mudas, junto com produtos sustentaveis ou produtos ecologicos e assim financiar os projetos ambientais do instituto
Azul o club contribui como desenvolvimento sustentavel e a ecologia do brasil com a ong canto vivo que vende plantas, arvores, sementes e mudas, junto com produtos sustentaveis ou produtos ecologicos e assim financiar os projetos ambientais do instituto como aula de educaçao ambiental, reciclagem, reflorestamento, distribuiçao de sementes. de beneficios
J&A assesoria contábil contribui como desenvolvimento sustentavel e a ecologia do brasil com a ong canto vivo que vende plantas, arvores, sementes e mudas, junto com produtos sustentaveis ou produtos ecologicos e assim financiar os projetos ambientais do instituto como aula de educaçao ambiental, reciclagem, reflorestamento, distribuiçao de sementes.
As lojas de apple IPlace do Brasil sao ecologistas porque sao parceiras da Canto Vivo doando recursos pela venda de roupa para financiar projetos ecológicos como educaçao ambiental, aulas de reciclagem, ditribuiçao de sementes, plantio de mudas para reflorestamento da mata atlántica, a amazonia e as cidades verdes do brasil
A Marca de roupa ecologica Cantao é parceira da Canto Vivo doando recursos pela venda de roupa para financiar projetos ecológicos como educaçao ambiental, aulas de reciclagem, ditribuiçao de sementes, plantio de mudas para reflorestamento da mata atlántica, a amazonia e as cidades verdes do brasil
Cruz Vermelha do Brasil contribui como desenvolvimento sustentavel com a ong de ecologia do brasil canto vivo possa vender plantas, arvores, sementes e mudas, junto com produtos sustentaveis ou produtos ecologicos e assim financiar os projetos ambientais do instituto. Eles dao tambem voluntarios do seu programa de vountariado
shopping jardins que contribui como desenvolvimento sustentavel dando uma loja para que a ong de ecologia do brasil canto vivo possa vender plantas, arvores, sementes e mudas, junto com produtos sustentaveis ou produtos ecologicos e assim financiar os projetos ambientais do instituto
Please reload

Posts Recentes

Instituto Canto Vivo realiza Feira de Adoção em Aracaju

July 3, 2019

1/5
Please reload

Posts Em Destaque

Soluções, oportunidades e intervenções sobre as mudanças climáticas são os destaques da Semana do Clima

November 13, 2015

​Na semana passada, de 30 de outubro a 06 de novembro, o Instituto Canto Vivo (ICV) participou do evento “UE Brasil – Clima: Somos Todos Responsáveis”, realizado no Planetário do Rio de Janeiro. O evento foi promovido pela Delegação da União Europeia no Brasil, WWF-Brasil e a Fundação Planetária do Rio de Janeiro, com parceria da Prefeitura do Rio de Janeiro, Ministério do Meio Ambiente, Estados-Membros da UE e suas instituições culturais.

 

Foram oito dias de atividades que permitiram o compartilhamento das experiências de indivíduos e organizações, do Brasil e da Europa, com soluções, oportunidades e intervenções sobre os impactos das mudanças climáticas no planeta.

 

Com uma programação diversificada, a Semana do Clima teve como foco os seguintes temas: uso da terra e agricultura; água; energia; resíduos sólidos; urbanismo e mobilidade urbana; segurança e ​​mudanças climáticas.

Foram realizadas exposições informativas, culturais, recreativas e interativas, palestras, oficinas e várias outras atividades, com a participação de nomes como Vik Muniz, Gilberto Gil, Sonia Bridi, Pedro Paulo Diniz e João Amorim, além de muitas outras personalidades comprometidas com o meio ambiente.

 

Com o projeto de arborização urbana “Uma Floresta na Cidade”, o Instituto Canto Vivo foi uma das organizações selecionadas por edital para participar da Semana do Clima. A diretora da ONG, Cristiane Nogueira, e a coordenadora de projetos, Maysa Melo, levaram um pouco da experiência do instituto para o evento, com oficinas de criação de hortas com uso de garrafa pet, além de palestra expositiva.

 

Criado há quatro anos, o projeto Uma Floresta na Cidade desenvolve ações voltadas à conscientização da população sobre o desmatamento de áreas urbanas, com foco no estímulo ao plantio de espécies de árvores adequadas à arborização urbana.

 

 

As ações desenvolvidas pelo projeto incluem: a distribuição de sementes e mudas de espécies da Mata Atlântica; oficinas de reciclagem e hortas verticais com garrafa pet; além de palestras em escolas e comunidades.

Para Cristiane Nogueira, participar do evento foi uma grande oportunidade de diálogo entre as organizações que atuam com as questões ambientais, tendo em conta a importância da integração dessas ações. “Foi uma experiência fantástica em todos os sentidos, o evento em si já mostra a importância e urgência para decidir questões ambientais que afetam diretamente a sobrevivência no planeta”, assinala.​​

 

Sem dúvidas, a Semana do Clima foi proveitosa para todas as pessoas e organizações que puderam participar do evento. “Pude ajudar o Canto Vivo doando muitas sementes de árvores para os visitantes, troquei informações e experiências com os outros expositores, para mim a participação foi maravilhosa e espero que surjam mais convites”, conclui Cristiane.

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga