A madereira di madeira contribui como desenvolvimento sustentavel e a ecologia do brasil com a ong canto vivo que vende plantas, arvores, sementes e mudas, junto com produtos sustentaveis ou produtos ecologicos e assim financiar os projetos ambientais do instituto como aula de educaçao ambiental, reciclagem, reflorestamento, distribuiçao de sementes.
O shopping Ferreira Costa que contribui como desenvolvimento sustentavel dando uma loja para que a ong de ecologia do brasil canto vivo possa vender plantas, arvores, sementes e mudas, junto com produtos sustentaveis ou produtos ecologicos e assim financiar os projetos ambientais do instituto
Azul o club contribui como desenvolvimento sustentavel e a ecologia do brasil com a ong canto vivo que vende plantas, arvores, sementes e mudas, junto com produtos sustentaveis ou produtos ecologicos e assim financiar os projetos ambientais do instituto como aula de educaçao ambiental, reciclagem, reflorestamento, distribuiçao de sementes. de beneficios
J&A assesoria contábil contribui como desenvolvimento sustentavel e a ecologia do brasil com a ong canto vivo que vende plantas, arvores, sementes e mudas, junto com produtos sustentaveis ou produtos ecologicos e assim financiar os projetos ambientais do instituto como aula de educaçao ambiental, reciclagem, reflorestamento, distribuiçao de sementes.
As lojas de apple IPlace do Brasil sao ecologistas porque sao parceiras da Canto Vivo doando recursos pela venda de roupa para financiar projetos ecológicos como educaçao ambiental, aulas de reciclagem, ditribuiçao de sementes, plantio de mudas para reflorestamento da mata atlántica, a amazonia e as cidades verdes do brasil
A Marca de roupa ecologica Cantao é parceira da Canto Vivo doando recursos pela venda de roupa para financiar projetos ecológicos como educaçao ambiental, aulas de reciclagem, ditribuiçao de sementes, plantio de mudas para reflorestamento da mata atlántica, a amazonia e as cidades verdes do brasil
Cruz Vermelha do Brasil contribui como desenvolvimento sustentavel com a ong de ecologia do brasil canto vivo possa vender plantas, arvores, sementes e mudas, junto com produtos sustentaveis ou produtos ecologicos e assim financiar os projetos ambientais do instituto. Eles dao tambem voluntarios do seu programa de vountariado
shopping jardins que contribui como desenvolvimento sustentavel dando uma loja para que a ong de ecologia do brasil canto vivo possa vender plantas, arvores, sementes e mudas, junto com produtos sustentaveis ou produtos ecologicos e assim financiar os projetos ambientais do instituto
Please reload

Posts Recentes

Instituto Canto Vivo realiza Feira de Adoção em Aracaju

July 3, 2019

1/5
Please reload

Posts Em Destaque

Queremos Salvador mais verde: Instituto Canto Vivo distribui sementes da Mata Atlântica na capital baiana

March 19, 2015

 

 

 

 

 

 

 

Na semana passada, nos dias 11 a 13 de março, o Instituto Canto Vivo em parceria com o Grupo JCPM (Salvador Shopping e Salvador Norte Shopping) e a Prefeitura de Salvador, realizaram a distribuição de 60 mil tags com sementes na capital baiana. Nos dois primeiros dias a entrega das sementes aconteceu em duas escolas públicas do bairro de São Caetano, o Colégio Estadual Prof. Carlos Alberto Cerqueira e o Colégio Estadual Luís Pinto de Carvalho. No terceiro dia de atividades, a equipe do Canto Vivo fez a doação de sementes na parte superior do Elevador Lacerda, localizado na Praça Castro Alves, no Centro.

 

Nas duas escolas contempladas com a ação do Canto Vivo, curiosidade foi o que não faltou entre os estudantes. As sementes de cedro, ipê amarelo de jardim, falso pau brasil e aroeira vermelha, mais do que semear a importância da arborização urbana, também serviram para estimular o interesse dos adolescentes em plantar árvores e preservar a natureza.

 

Helena Cristina Sampaio, vice-diretora do Colégio Carlos Alberto Cerqueira, acompanha a história da escola desde a sua fundação, há vinte 

anos. Segundo ela, a instituição sempre buscou envolver as questões ambientais nas atividades pedagógicas. “Quando eu cheguei aqui, não havia nada de verde, logo com os primeiros professores, tivemos a preocupação em melhorar esse entorno e embelezar a escola com o árvores. Viemos trazendo aos poucos mudas, fizemos jardins e oficinas com as crianças”, explica a vice-diretora.

 

Como forma de mobilizar a consciência ambiental dos estudantes, todos os anos a escola realiza a feira de plantas, com as mudas produzidas pelos próprios estudantes orientados pelos professores. Para Helena, a consciência ecológica ainda precisa ser melhor trabalhada com os estudantes, com a abordagem de questões como a reciclagem e o descarte adequado do lixo, já que, segundo ela, trata-se de uma dificuldade generalizada.

 

“A sociedade em si tem dificuldade em lidar com o tema, os estudantes trazem o reflexo de casa, do bairro onde moram. A consciência ambiental é uma questão de educação, que começa com a educação doméstica e deve ser aprimorada na escola através de palestras, oficinas, seminários. O que realmente falta é o engajamento dos cidadãos, de todos os cidadãos”, aponta a educadora.

 

 

No Elevador Lacerda, a receptividade de baianos e turistas às sementes distribuídas pelo Canto Vivo deu ainda mais ânimo aos voluntários que se dedicaram ao trabalho. Entre um flash e outro, a baiana de corpo e vestido, Cristiane Alves, não pôde deixar de levar as sementes para plantar no seu bairro. “Eu acho muito importante a cidade ter mais árvores, elas melhoram o oxigênio e o clima da cidade, além de ser um atrativo a mais, é muito lindo ver uma cidade arborizada. Salvador está necessitando de árvores”, fala com o ânimo que só a baiana tem.

 

 

De passagem pelo Centro de Salvador, Marcos Cardoso fez questão de levar sementes para todos os amigos. Para ele, a falta de árvores é um grande problema enfrentado por muitas cidades de todo o país. “Estamos vivenciando um aquecimento diretamente ligado ao desmatamento e à poluição. Se nós preservarmos a natureza, não deixando que árvores sejam cortadas indiscriminadamente, com certeza, o nosso meio ambiente pode se tornar mais agradável”, conclui.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga